Covid-19

Procurador-geral da República quer destinar R$ 51 mi de bunker de Geddel para combate ao coronavírus

Augusto Aras enviou um ofício ao STF solicitando que o dinheiro apreendido tenha um novo destino

26/03/2020 18h57
Por: Bruno Cordeiro
Fonte: VN
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Foto: Divulgação / Polícia Civil

Augusto Aras, procurador-geral da República, enviou um ofício para o Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (26) solicitando que os R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento do ex-ministro baiano Geddel Vieira Lima em 2017 sejam destinados para o combate ao novo coronavírus. A informação foi dada em primeira mão pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

“Tendo em vista a crise na saúde pública decorrente da pandemia vivenciada, o caráter fungível dos valores pecuniários apreendidos, bem como a orientação para o emprego de recursos obtidos a partir de condenações penais no combate à doença, vislumbra-se a possibilidade de se destinar, desde logo, os valores apreendidos no endereço vinculado aos réus [Geddel e seu irmão, Lúcio Vieira Lima] à aquisição de materiais e equipamentos médicos”, afirma o procurador, que assim como Geddel também é baiano.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.