Segunda, 25 de Outubro de 2021
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

CCJ adia votação de relatório sobre mudanças na legislação penal

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira (21) requerimentos de deputados da opo...

21/09/2021 às 19h40
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Para Carlos Jordy, texto já foi discutido o suficiente e pode ser votado - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Para Carlos Jordy, texto já foi discutido o suficiente e pode ser votado - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira (21) requerimentos de deputados da oposição que pretendiam adiar a análise de mudanças na legislação penal brasileira, a partir do trabalho de subcomissão especial para assuntos penais, que funcionou nos últimos três meses.

Entretanto, antes que o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) lesse seu relatório, a reunião da comissão teve que ser encerrada em razão do início das votações no Plenário. A análise da proposta deverá ser retomada nesta quarta-feira (22), às 9 horas, no plenário 1.

O assunto divide opiniões na comissão. Enquanto principalmente deputados governistas tentavam votar a matéria, a oposição buscava adiar o debate, com o argumento de que se trata de um assunto complexo e que requer análise detalhada.

Relatório
No relatório, Carlos Jordy propõe alterações no Código Penal, na Lei de Execução Penal, no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Estatuto do Idoso.

Entre as mudanças sugeridas, está a diferenciação mais clara entre culpa e dolo eventual, com a criação da figura da culpa temerária, para que os magistrados trabalhem as penas a partir de conceitos mais objetivos. A culpa temerária poderia ser aplicada, por exemplo, no caso de um motorista que dirige embriagado e se envolve em um acidente. Seria uma “culpa consciente”, segundo Jordy.

Já uma alteração no ECA poderá permitir que, em atos análogos a crimes hediondos, o adolescente infrator tenha a pena de internação de até dez anos, em vez dos três anos máximos estabelecidos atualmente. Com relação aos atos equivalentes a crimes contra idosos, Carlos Jordy prevê penas mais rígidas, inclusive no que se refere ao regime de cumprimento.

O relatório traz ainda a sugestão de vários anteprojetos de lei.

Cronograma
O coordenador da subcomissão, deputado Guilherme Derrite (PP-SP), explicou que, nos três meses de trabalhos, vários profissionais foram chamados para audiências públicas e 472 matérias foram analisadas.

Maria do Rosário quer mais tempo para analisar o relatório
Maria do Rosário quer mais tempo para analisar o relatório - (Foto: Reila Maria/Câmara dos Deputados)

A deputada Maria do Rosário (PT-RS), uma dos parlamentares que se posicionaram contrariamente à votação do relatório, pediu tempo para analisar o assunto, mesmo tendo sido favorável à criação da subcomissão.

“São mais de 400 matérias. Agora tem um tempo para a comissão se apropriar, porque vocês [favoráveis ao texto] ficaram debruçados. Precisamos nos debruçar sobre o relatório, e não só sobre ele. A gente tem de se debruçar sobre o processo de votação. Se a gente votar o relatório e aprová-lo sem desmembramento, significa dar 'sim' para tudo e nós respondemos lá fora”, afirmou a parlamentar.

O relator, no entanto, argumentou que o relatório foi amplamente debatido na subcomissão especial, que tinha deputados de diferentes partidos.

“Ouvimos diversos juristas, defensores públicos, promotores, pessoas das mais variadas correntes. Nós nos debruçamos sobre diversos projetos e chegamos a um relatório com inovações importantíssimas, que incorpora jurisprudências, dispositivos que existem em outros países. Que possamos votar o relatório e, a partir daí, os anteprojetos”, defendeu Carlos Jordy.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador - BA Atualizado às 07h45 - Fonte: ClimaTempo
27°
Nuvens esparsas

Mín. 24° Máx. 30°

Ter 30°C 23°C
Qua 28°C 23°C
Qui 27°C 24°C
Sex 28°C 23°C
Sáb 28°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes